quinta-feira, 5 de março de 2009

merda de vida...


Já falta pouco... ou o tempo escasseia.

O medo que sentes é meu também.

A esperança, essa é só tua.

Posso por a minha mão na tua cabeça e devagar encostar o teu rosto ao meu peito. Tentar acalmar-te com o bater compassado de um coração cansado.

Mas as palavras ... as palavras será melhor buscá-las na boca de alguém.

Sem comentários:

Enviar um comentário